Relacionamentos, relacionamentos e relacionamentos… Estes são os temas principais de The L Word, que em conjunto com outros assuntos abordados como relacionamentos e relacionamentos, formam um seriado bem monótono, apesar das cenas quentes protagonizadas quase que exclusivamente por mulheres… lésbicas!!

O seriado acompanha a vida de um grupo de amigas lésbicas, em uma vizinhança bem acostumada com o homossexualismo. Quando Jenny, uma garota do interior de família tradicional, chega à cidade e passa a morar com seu namorado, ela conhece Bette Porter, uma diretora artística bem sucedida, e sua esposa Tina Kennard, que buscam um homem afim de doar esperma para realizarem o sonho de serem mães. Ela conhece também Alice Pieszecki, jornalista bissexual assumida, Shane McCutcheon, cabelereira “mulherenga”, e Dana Fairbanks, uma tenista em ascensão que ainda reluta em assumir publicamente sua opção sexual.

Mas é somente quando Jenny encontra Marina Ferrer, dona da cafeteria “The Planet”, é que sua vida começa a mudar. Levada por toda essa nova atmosfera, Jenny se envolve com Marina e passa a questionar sua opção sexual.

Ao contrário de séries como Lost e Friends, por exemplo, que possuem mistérios, suspense, ação e comédia e prendem o espectador a cada episódio, The L Word explora os relacionamentos entre as lésbicas, mostrando que estas mulheres têm uma vida absolutamente normal. Apesar do tema ser ainda um tabu e chamar atenção de início, tramas muito simples e previsíveis, com histórias de amor, traição, brigas e ciúmes tornam o seriado cansativo demais. É tão cansativo que, em muitos momentos, parece uma novela, apesar da filmagem de qualidade, sem tantos closes e cortes.

O roteiro não é nada excepcional e não é capaz de, sozinho, prender a nossa atenção por muito tempo. Ainda assim, The L Word surpreende pela coragem dos produtores em explorar o tema sem preconceitos e pela naturalidade com que as cenas mais quentes acontecem.

Vale ressaltar aqui duas belas atrizes: Erin Daniels (Dana Fairbanks) e Sarah Shahi (Carmen de la Pica Morales). Sem dúvida as mais lindas do seriado e que nos brindam com cenas quentíssimas.



Apesar de não julgar The L Word um ótimo seriado, sugiro que assistam e comprovem algo que eu sempre disse:

Toda mulher gosta de outra mulher… só não sabe disso!

Thiago Barrionuevo

da nossa pátria amada, chamada Brasil!!!
.
.

  

Anúncios

idolos2009A 4ª etapa de eliminação da fase de concertos não foi nada espetacular. As apresentações foram boas, com exceção de Diego Morais e da Priscila Borges, como sempre, foram excepcionais!!! Segundo Calainho, sexo é pouco para a Priscila… agora é Kama Sutra geral!!!

E, é claro, o Marcos Duarte que cantou… como sempre…


Logo no início do programa, foi anunciado que a eliminação seria dupla… Eu, com muita fé, apostei nas saídas dos 2 Marcos… E, é claro, que o Brasil continua votando na história de vida do Marcos Duarte (coisa que ele mesmo humildemente admitiu dizendo “Já fiz muita besteira aqui no palco. Fico com dor na consciência de ver tanto talento indo embora e eu ainda estar por aqui”). A esperança então, era na saída de Marcos Paulo e, já que não tinha outra saída, de Julio Cesar, que não vinha se apresentando bem…

Julio Cesar saiu… ótimo, merecia! Mas a morena da cor do pecado Taissa Araújo foi a vítima injustiçada da vez… Ela, que nunca havia subido num palco, vinha surpreendendo com sua voz doce e um estilo calmo. A grande surpresa porém, foi a presença de Saulo Roston entre os 4 menos votados… Pois é… O Brasil prova, cada dia mais, que não sabe apreciar uma boa música…

Fico me perguntando agora, qual seria a música que a Thais Bonizzi escolheria para nos presentear com sua voz…

#ACORDA_BRASIL!!!

Brasil

BRASIL INTELIGENTE

da nossa pátria amada, chamada Brasil!!!


idolos2009Vou começar xingando… Eita Brasil Burro!!!!!

Vou mudar o nome do blog!!!Será “Brasil Musicalmente Incompetente”!


Como pode deixar com que um talento musical, uma voz potente, um estilo marcante e tudo-mais-que-ela-é sair assim… Thais Bonizzi, uma das mulheres mais talentosas a passar pelo Ídolos saiu na 3ª fase das finais, em 10º lugar, sem merecer, em nenhuma das fases, ficar entre as menos votadas… Simplesmente irritante!!!

Marcos Duarte faz uma maldade com a música de Alexandre Pires, errou a letra inúmeras vezes, cantou terrivelmente mal e continuou na competição… Não dá pra entender… Por que?????

Bom, alguns comentários sobre as duas fases: Priscila Borges, Diego Morais e Saulo Roston, simplesmente perfeitos. A apresentação da Priscila cantando Olhos nos Olhos arrepiou dos pés à cabeça (sexo geral!!!), e Diego Morais cantando As Rosas não falam também foi excepcional…

Julio vem decaindo muito! Afobado, sem fôlego, o que tá acontecendo??? Marcos Paulo, sempre normal… nada excepcional… O restante, foi bem…

Ótimo a Raquel ter saído, merecia faz tempo! Mas manter os dois Marcos e tirar a Thais??

E Marco, pelo amor de Deus… Falar que o resultado foi justo??? Você só pode estar de brincadeira… virou comediante, porque produtor musical que diz que a saída da Thais foi justa, merece perder o emprego… vai lá pro Nordeste com o Marcos Duarte trabalhar com a enxada, vai…

Sugiro um movimento… Todos twitando #ACORDA_BRASIL!!!!

Brasil

BRASIL INTELIGENTE

da nossa pátria amada, chamada Brasil!!!


idolos2009Olá…
Vou começar perguntando de novo… é uma tatuagem no seio ou não é???

A partir de agora, as noites são temáticas. Pra começar, os 12 finalistas devem cantar músicas de seus Ídolos. Vamos às apresentações:

1. Priscila Borges – À Francesa (Marina Lima)
Surpreendeu por não subir a música em nenhum momento. Foi muito normal,faltou aquela personalidade toda! Muito leve pro estilo dela. Segundo o o Calainho, o sexo parou, mas nada impede de voltar.

2. Julio Cesar – Gostava Tanto de Você (Tim Maia)
Muito “socadinho”. Parecia sem fôlego… faltou respiração. Tinha sido meu preferido dos homens, mas não achei que foi bem desta vez.  De qualquer forma, é um dos melhores e tem muito mais pra mostrar.

3. Taissa de Araujo – Esperando Na Janela (Gilberto Gil)
Canta fácil… sorrindo o tempo todo. Foi muito bem. Não sei mais o que falar… Uma das melhores da competição.

4. Saulo Roston – Beija Eu (Marisa Monte)
Achei um tom um pouco baixo pra ele… mas levou muito bem. Cantou perfeito, com ótimos falsetes. Não sei se vou queimar no inferno por causa disso… mas eu sempre fico esperando ele gaguejar no meio da música… Curto muito esse cara, humilde, como um Ídolo deve ser.

5. Hélen Lyu – A Lua Que Eu Te Dei (Ivete Sangalo)
Eu particularmente não gostei da calça… mas achei que cantou bem sim… um pouco recatada perto da última apresentação. Ela me lembra alguém quando dobra os joelhos..

6. Thais Bonizzi – Vou Deitar E Rolar (Elis Regina)
Foi ótima… mas não excepcional como foi na outra apresentação. Música rápida, faltou uma chance pra mostrar mais a voz.

7. Marcos Paulo – Malandragem (Cássia Eller)
Expressões totalmente fora da música. Parece o Liminha do Gugu, sabem??
Mas foi melhor que da outra vez…Só não devia tirar tanto o microfone da boca. Cresceu, mas pra mim deveria ser um dos primeiros a sair.

Marco Camargo primeiro falou que a música era feminina e depois falou que a música não tem sexo… não entendo ele…

8. Dani Morais – Pagu (Rita Lee)
Muito bom… Pra mim, melhor que a outra apresentação. Cantou fácil.
Adoro ver candidatos que fazem os jurados birgarem, principalmente quando os outros 2 discordam do Marco, que aliás, foi mal no comentário: não é só porque não gosta da música que pode criticar alguém que foi claramente bem…

9. Evandro Elias – Essa Tal Liberdade (Alexandre Pires)
Nossa, nossa, nossa…. Parecia o Quico (do Chaves) cantando…
Muito ruim demais… Apertado, espremido… muito ruim!!

10. Diego Moraes – Alô, Alô, Marciano (Elis Regina)
Esse cara vai ganhar o Ídolos… é um artista perfeito! Domina o palco, faz o que quer, se diverte e faz as pessoas se divertirem. Canta demais e curte o faz… Pra mim, o mais cmpleto! Só fiquei com medo dele perder a mão quando enfiou naquele mundo de cabelo!!!

11. Raquel Soares – Eu Sei Que Vou Te Amar (Tom Jobim)
Que dancinha ridícula ela fez… Vai chorar mesmo… Aliás, eu também… e qualquer um que ver o que ela fez com Tom Jobim… Simplesmente horrível… Não servia nem pra Raul Gil dessa vez…

Jurados… pelo amor de Deus… o que tá acontecendo com vocês???

12. Marcos Duarte – Cada Volta É Um Recomeço (Zezé Di Camargo e Luciano)
Sem dúvida ele tem que cantar isso mesmo… Ele não tem personalidade nenhuma, é, como o Calainho disse, um Cover do Zezé. Mandou bem, muito melhor que a outra semana. Aliás, prefiri ele a Raquel e Evandro nesta noite. Não acho que deve continuar por muito tempo, mas merece mais que a chorosa e horrível Raquel.

Resumindo a noite: Foi melhor que a apresentação dos homens, e pior que a das mulheres… Senti falta de Mayara Magalhães, Melina Marçal, Aline Moreira e Barbara Amorim… Substituiriam com muito mais música e brilho o Evandro, Marcos Paulo, Marcos Duarte e Raquel.

E, como diz o Rodrigo Faro,o Brasil votou… Começou votando mal, colocando a Thais nas menos votadas. Algo que não deveria voltar a acontecer… Depois, acertou, na minha opinião, colocando a Raquel e o Evandro… Ah, que bom… Já fiquei mais tranquilo… Thais está livre, é excepcional e muito superior aos dois.

Não acredito… Raquel está livre… Só faltava essa… Thais ficar de fora seria demais… O Brasil não vai fazer isso…

“Evandro! Você está fora!”… Ufa!!!! Vai dar susto assim na sua mãe Rodrigo!!!

Vamos esperar mais uma semana agora…

Até lá!


Brasil

BRASIL INTELIGENTE

da nossa pátria amada, chamada Brasil!!!


idolos2009Olá!

Começo com uma pergunta. Se alguém souber, me responda, por favor!!!!
A Paula Lima, tem uma tatuagem no seio mesmo?!?!?!?! Ou é algo removível????

Vamos ao programa. Vou fazer diferente hoje… comentar sobre cada uma delas…

1 – Aline Moreira (Agora Já Sei – Ivete Sangalo): introspectiva no começo… tom muito baixo pra ela e muito videokê. Não mudou a música e não se mexeu. Tinha tudo pra ser uma Nanda Garcia… Só a cama do Marco que esquentou mesmo… que será que ele estava fazendo???

2 – Thaissa de Araujo (O Que É o Amor – Maria Rita): mandou muito bem… cantou gostoso, suave e fácil. Flutuou no palco. Mas a música não era a melhor pra mostrar quem é e ficar no programa.

3 – Dani Morais (Amor Perfeito – Roberto Carlos): Que nariz é esse??? Não subiu como devia… me decepcionou… esperava algo mais Taviani… Mudou a música, mas pro meu gosto, não ficou bom!

4 – Thais Bonizzi (Cabide – Mart’nália): Confesso que não conhecia a música, mas adorei o swing. Mandou muito bem… Voz firme. Foi simplesmente perfeita, a melhor da noite.

5 – Helen Lyu (Você Me Vira A Cabeça – Alcione): Muito rouca pra música, que exige voz mais firme. Mas adorei as modificações que fez na música. Mandou bem.

Pausa pra uma tradução do comentário do Marco: “Com esse seu tamanho delicado, você acorda de manhã e fala bom dia pra sua voz assim ó -Marco olhando pra cima- Bom dia”

Ele quis dizer que a voz dela é muito maior do que ela.

6 – Natália Moraes (Chuva de Prata – Gal Costa): Mudou muito a aparência, melhorou bastante. Mas pareceu cantar o tempo todo em falsete. Não errou, foi afinada, mas nada perto das outras candidatas. Só uma observação: Sempre gostei dela cantando, mas dessa vez não emocionou.

7 – Melina Marçal (Com Que Roupa – Noel Rosa): Boa performance de palco, mas também não emocionou. Foi certa e mudou um pouco a música, o que é bom. De qualquer forma, vale um comentário: As mulheres estão muito melhores que os homens!!!

8 – Priscila Borges (Elevador – Ana Carolina): Mandou bem… Mudou muuuiiito a música. Parecia tudo diferente. Concordo com o Marco, mas acho mesmo assim que deve passar. Ela não erra mesmo. O final foi demais!

Comentário do Calainho: Sua apresentação foi puro Sexo.
E a explicação da Priscila: Quando a gente faz sexo, a gente não pensa. É puro sentimento. Só flui.

9 – Raquel Soares (Só Por Você – Marina Elali): Já não gosto de versão de músicas estrangeiras. Pra quem não sabe, é a música que marcou umas das cenas mais populares das novelas, a Carolina Dickan ficando careca… é versão da Lara Fabian, Love by Grace. Devia ir no Raul Gil… Não é pra Ídolos…

Um comentário: O Marco disse que ela deveria cantar com uma legenda…
e a Raquel olhou pra baixo, procurando a legenda… falo nada!!

10 – Mayara Magalhães (Sinais de Fogo – Preta Gil): Cantou bem, mas a música é pouco conhecida. Muita personalidade, gosto do tom dela… Tem jeito pra ser Ídolo.

11 – Suzi di Paula (Se Quiser – Tânia Mara): Já começou mal… música ruim, outra versão. Muito ruim, muito ruim, muito ruim… nunca gostei dela… No começo parecia que ia brincar de Joooookeeeeeemmmmmpo!. Sem emoção nenhuma, era música pra cantar baixinho… Muito ruim!! E que noivo é esse? Parecia o Batoré!

12 – Bárbara Amorim (Cara Valente – Maria Rita): Mandou muito bem. Adorei a escolha da música. Andou bem pelo palco e mostrou personalidade.

No geral, as mulheres foram muito superiores aos homens. Emocionaram mais e dificultaram a escolha. Mudaria minha opinião em 2 pessoas: Tiraria Natália Morais e Aline Moreira e incluiria Mayara Magalhães e Helen Lyu.

É bom dizer que meus comentários foram escritos durante as apresentações. Agora, seguem as escolhidas.

Thais Bonizzi (Cabide – Mart’nália)
Priscila Borges (Elevador – Ana Carolina)
Thaissa de Araujo (O Que É o Amor – Maria Rita)
Helen Lyu (Você Me Vira A Cabeça – Alcione)
Raquel Soares (Só Por Você – Marina Elali)
Dani Morais (Amor Perfeito – Roberto Carlos)

A minha única grande decepção nas mulheres foi a presença da Raquel na final.. acho que ela faria mais diferença no Raul Gil… De qualquer forma, as favoritas passaram e não hesito em dizer: Que venham os homens… O Ídolos esse ano, é feminino!

Até mais!


Brasil

BRASIL INTELIGENTE

da nossa pátria amada, chamada Brasil!!!